Ir para conteúdo

Blog

Encontro Virtual sobre Avaliação Econômica de Projetos Sociais

26 de Janeiro de 2015 • Fundação Itaú Social • 0 Comentários

No dia 02 de dezembro, realizamos a transmissão online do Encontro Virtual sobre Avaliação Econômica de Projetos Sociais, com objetivo de ampliar o espaço de discussão e troca de experiências entre alunos e ex-alunos dos cursos de avaliação econômica de projetos sociais, fomentando a construção da Rede de Avaliação.

O debate contou com a participação de ex-alunos via internet, onde aproveitaram o momento para tirar dúvidas e fazer comentários sobre os assuntos abordados por meio de mensagens instantâneas no site.

O encontro teve como base a experiência da avaliação do Projeto Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do Camp Guarujá, selecionado pelo Edital para Avaliação Econômica de Projetos Sociais.

A avaliadora, Elaine Pazello, e a gestora do projeto e ex-aluna do curso, Michelle Farias, trouxeram dicas e aprendizagens sobre a escolha da metodologia, estruturação e uso de dados cadastrais para realizar uma boa avaliação econômica. O infográfico apresenta algumas dicas para estruturar um bom formulário e transpor as informações para um banco de dados.

Dicas para construir banco de dados

Para saber com mais detalhes, assista ao vídeo.

Texto Alternativo e Descritivo da Imagem: Infográfico quadrado, composto de textos e elementos gráficos, traz ao centro um lápis azul e cinco dicas para construir um Banco de dados: “1. Formulário: Ao elaborar as perguntas no questionário, pensem todas as respostas que seu entrevistado pode dar e como você vai usar as informações depois; 2. Categorias: Faça perguntas com as possíveis respostas já discriminadas em categorias, ou seja, dê opções de respostas ao entrevistado. Caso não tenha feito isso no questionário, procure já ‘tabular’ a resposta a partir de categorias ao transpor as respostas para o banco de dados; 3. Dicionário: Não deixe de construir um dicionário com a descrição de cada variável. O dicionário é um ‘índice’ de variáveis utilizadas no banco de dados; 4. Registro de informações: Identifique sempre respostas não declaradas. Quando as informações não forem preenchidas no formulário, isso deve ser registrado adequadamente no banco de dados como ‘não informado; 5. Identificador: Procure sempre ter um identificador único para cada entrevistado”. No canto inferior direito, a logomarca da Fundação Itaú Social.

Veja também

Oficina com alunos e ex-alunos do curso de Avaliação Econômica de Projetos Sociais
Oficina de Avaliação Econômica em Mogi das Cruzes

Deixe um comentário


Comentários (0)

Deixe um comentário