Ir para conteúdo

Blog

A construção de grupo de controle para avaliação econômica de projetos sociais: desafios, vantagens e desvantagens

07 de Agosto de 2015 • Fundação Itaú Social • 0 Comentários

O Programa Mais é uma iniciativa do Centro de Integração Empresa Escola do Rio de Janeiro (CIEE/RJ) e tem por objetivo promover o acesso ao Ensino Superior de estudantes cariocas em  situação vulnerabilidade social.

Valéria Moreno, coordenadora de programas especiais do CIEE/RJ, foi aluna do curso de avaliação econômica de projetos sociais e participou do edital para avaliação de projetos em 2013. O Programa Mais foi um dos selecionados e contou com a assessoria de Elaine Pazello – Avaliadora da Fundação Itaú Social e Professora da FEA-RP/USP. Assista os vídeos e saiba mais sobre essa experiência.


No Bloco 1, Valéria apresenta o Programa Mais: objetivos, estratégias e resultados esperados.

 

“Um dos grandes desafios da avaliação é garantir que os resultados e transformações observadas são realmente causados pela participação no Programa e não por outras coisas” – Elaine Pazello

No Bloco 2, foram apresentados os quatro grupos de controle formados para essa avaliação. Cada um deles buscou responder a contrafactuais diferentes. Essa foi uma solução encontrada pelo avaliador e pelo gestor diante dos desafios e dificuldades vivenciadas na prática: escassez de informações, baixo número de participantes e concluintes dos projetos, falta de um banco de dados estruturado. Apesar desse contexto, bastante comum em projetos, a solução encontrada foi bastante exitosa, segundo a gestora do projeto:

“A avaliação foi importante para mostrar para sociedade que programas como esse, e outros parecidos, fazem diferença para o jovem” – Valéria Moreno

A avaliação de impacto busca responder como estaria o público alvo de um projeto caso não tivesse participado da iniciativa. O ideal seria comparar o que acontece com os beneficiários com e sem a intervenção, simultaneamente. Como isso não é possível, a metodologia da avaliação de impacto procura simular esse contrafactual hipotético, através de um grupo controle. Para saber mais, assista o vídeo sobre a metodologia de avaliação econômica de projetos sociais.

No Bloco 3, são apresentados os impactos do Programa Mais nas dimensões avaliadas (acesso ao ensino superior, mercado de trabalho, habilidades não cognitivas, acesso a bens culturais). Por fim, são discutidas algumas boas ideias que possam contribuir para a prática de gestores de programas sociais na realização de uma avaliação.

Consulte também:

Se preferir, assista por etapas

                        

                            

 

Assista os encontros anteriores:

1º Encontro Virtual de Avaliação – Projeto EMCANTAR  e  2º Encontro Virtual de Avaliação – Projeto Camp-Guarujá

Veja também

Avaliação Programa Escola Integrada de Belo Horizonte

Deixe um comentário


Comentários (0)

Deixe um comentário