Ir para conteúdo

Biblioteca

Relação entre absenteísmo docente e desempenho escolar

Encontro temático sobre Relação entre absenteísmo docente e desempenho escolar.



Relação entre absenteísmo docente e desempenho escolar - Parte 06

Parte 06

Ir para a transcrição do vídeo

Transcrição

00:00 a 00:03 (Vinheta de abertura)

Imagem: Vinheta de abertura. Sobre fundo branco, ao centro, surge o texto escrito em laranja: “Avaliações de Impacto”. E, logo abaixo, escrito em azul escuro, “resultados Estados Unidos”. Na sequência, um traçado laranja aparece de baixo para cima, como se fosse um rabisco de lápis e interage com os textos, formando um seta direcionada para a direita.

Áudio: trilha animada com piano.

00:04 ao Fim (Priscilla Albuquerque Tavares – Economista e Pesquisadora, FGV/SP)

Imagem: Economista e pesquisadora da FGV, Priscilla Albuquerque Tavares, fala ao microfone para a plateia, sentada à uma mesa de um auditório.

Áudio Apresentadora: Nos estudos para os Estados Unidos. O estudo do Miller diz o seguinte, olha: “a cada dez dias a mais de falta dos professores, a nota dos alunos em Matemática e Leitura cai entre 1 e 3 pontos da Prova Brasil, mais ou menos. Quanto mais falta, menor é o desempenho dos alunos. No segundo estudo para os Estados Unidos, (do Brown), o resultado é semelhante. Então, aumentamos o número de dias em que o professor falta, o desempenho cai. Só que aqui tem um detalhe importante: é preciso reduzir em 10 dias o número de faltas dos professores, ou seja, não é faltar 1 ou 2 dias a menos. O número de faltas é muito grande. E ele só não atrapalha o desempenho se ele for praticamente reduzido a zero.