Ir para conteúdo

Biblioteca

Formação de Professores

Encontro temático sobre Formação de Professores realizado com os participantes do CONSED



Formação de Professores - Parte 04

Formação continuada de professores afeta quanto o professor sabe do conteúdo e da metodologia?

Ir para a transcrição do vídeo

Transcrição

Imagem: A pesquisadora em Política Educacional pela USP, Paula Louzano, fala para uma plateia segurando um microfone sem fio.

Áudio: O próximo tema que a gente vai entrar é: “o desenvolvimento profissional, a formação continuada de professores afeta o quanto o professor sabe do conteúdo e da metodologia de ensino?” Eles queriam medir o efeito de um programa de formação continuada de um professor do ensino fundamental na Califórnia. Era para professor de Inglês, no caso, linguagem, e de Matemática. E trabalhava tanto o conhecimento da disciplina quanto como ensinar aquela disciplina. Eles embutiram no desenho do programa a avaliação. Portanto, antes de o professor entrar no programa, eles fizeram um teste nele, uma prova de conhecimentos pedagógicos e específicos da área. Fizeram uma prova logo no final do curso e uma outra seis meses depois. Então, a prova que ele (professor) faz antes e a que faz depois têm uma diferença significativa. Ele (professor) sabe mais depois do programa? Sim, mas professores com pelo menos um ano de experiência tendem a apresentar um crescimento maior, fruto do programa. Então, aqui, quem ganhou mais com esse curso foi professor novato, com menos de 1 ano de experiência. É a prova, a evidência empírica, de que uma intuição que a gente tem e que fortalece essa argumentação quando a gente está discutindo uma política pública. Então, essa é uma das grandes contribuições.