Ir para conteúdo

Biblioteca

3º Encontro Virtual de Avaliação: Projeto CIEE

3º Encontro Virtual: Avaliação do Programa Mais, uma iniciativa do Centro de Integração Empresa Escola (CIEE).



3º Encontro Virtual de Avaliação: Projeto CIEE - Parte 03

Parte 03

Ir para a transcrição do vídeo

Transcrição

Imagem: Carlos Eduardo Garrido, da Fundação Itaú Social, entrevista Elaine Toldo Pazello, avaliadora da Fundação Itaú Social e Professora da FEA-SP/USP (entrevistada 1) e Valéria Moreno, Coordenadora de Programas Especiais do CIEE/RJ (Entrevistada 2) .

Áudio Entrevistada 1: Bom, definindo agora os grupos. Quem foram os nossos tratados? Então, foram os jovens, que passaram pelo programa, entre os anos de 2008 e 2012. Foram estes anos que a gente olhou. E a gente entendeu, como sendo “tratados”, os jovens que tivessem passado pelo programa, mas que tivessem ficado até o fim do programa. Ou seja, que tivessem feito o TCC, entregue o trabalho de curso, estivesse ficado o tempo todo no projeto. Porque tem uns jovens, por exemplo, depois eu vou até falar mais deles, que às vezes desistem logo no começo, passam por todo o processo seletivo deles, que não é “bolinho” e depois largam logo no começo por aparecer uma oportunidade de emprego, como ela (Valéria) colocou a questão da vulnerabilidade social; eles acabam abandonando o curso.. estes não fazem parte dos nossos tratados. Os tratados são apenas os jovens que ficaram do começo ao fim do

Programa.

Áudio Apresentador: Eu só vou reforçar um recado que eu dei no bloco um também: se nessa conversa, você não está entendendo muito bem o que é grupo tratado e o grupo controle, é um conceito de avaliação econômica. A gente tem um vídeo no site na Rede de Avaliação que explica um pouco esses conceitos. Então, vale a pena dar uma olhada se você não lembra muito bem desses conceitos. Está aí o vídeo disponível para quem precisa lembrar melhor, está bom?

Áudio Entrevistada 1: Bom, agora vamos falar aqui dos nossos grupos de controle. A gente, acho que um dos diferenciais dessa avaliação, vamos dizer assim, das boas ideias, foi o fato de a gente trabalhar com diversos grupos de controle. Então, eu vou definir primeiro esses grupos e depois a gente pensa o porquê de tantos grupos de controle, vantagens e desvantagens de cada um. Então, primeiro grupo de controle são jovens selecionados para participar do projeto também. Ou seja, eles passaram por todas as etapas de seleção do Programa Mais, foram selecionados, começaram a fazer o curso, mas desistiram logo no início. Então, assistiram a nenhum ou a poucos encontros no CIEE. Por hipótese, a gente está admitindo que esses jovens também não tenham feito nenhum cursinho pré-vestibular. Então, essa era a nossa hipótese. A gente tinha no início quarenta e um jovens. Grupo de controle 2 são jovens que faziam o cursinho lá no pré-vestibular (Almirante Negro), mas que não participavam do Programa Mais, ou seja, eles eram os outros alunos que tinham lá no cursinho. Então, são os jovens que assistem às aulas, mas não assistem às oficinas do CIEE. A gente vai pontuar isso melhor. E, por fim, nesse caso, a gente tinha vinte e nove jovens. Depois, a gente vai falar mais disso também. E por fim, o grupo 3, que é formado por jovens que assistiam, na verdade, a um outro cursinho, que é o cursinho da ONG “Ser Cidadão”, que muito gentilmente aceitou participar da avaliação também. A gente usa jovens das duas unidades de atendimento que eles têm, a da Praça Onze e da Santa Cruz... e, neste caso, eles têm uma turma que são de bastantes jovens. A gente pegou cinquenta de cada uma das turmas, da Praça Onze e da Santa Cruz. Então, na verdade, eu falei de três grupos. Na verdade, são quatro grupos, porque ali (ONG “Ser Cidadão”) dividiu em dois. Bom, por que vários grupos de controle? Na verdade, esses diferentes grupos de controle estão respondendo contra factuais diferentes. Estão dizendo como é que estariam esses jovens que participaram efetivamente do Programa Mais caso eles não tivessem participado. Então, no caso do grupo 1, seria “como estariam os jovens participantes caso eles não tivessem participado e caso não tivessem feito mais nada”. Que é do CIEE, que foram selecionados, mas não participaram... então eles não assistiram a nada. Não assistiram às aulas, não assistiram às oficinas... então “como eles estariam se eles não tivessem feito nada?”. Isso é o que o grupo 1 responde. O grupo 2 responde um contra factual um pouco diferente: “como estariam os jovens que participaram do Programa Mais se eles não tivessem participado das oficinas, mas tivessem assistido às aulas no Almirante Negro, no cursinho”. Então, eles fizeram as aulas no cursinho mas não teriam feito as oficinas. Um contra factual diferente. E o grupo 3, parecido com o grupo 2, na verdade é diferente um pouquinho porque estão fazendo um outro cursinho, eles não estão assistindo às aulas, também, de formação, as oficinas do CIEE, mas estão fazendo um cursinho pré-vestibular diferente. Eles estão fazendo um cursinho que é oferecido pelo ”Ser Cidadão”. Então, são os nossos três grupos.